A Lágrima (trecho)

Livro:

Infinita Sinfonia

Edição:

-

Cidade:

Curitiba

Editora:

Insight

Ano:

2012

Páginas:

11

Oh! Lágrima cristalina
tão salgada e pequenina.
Quanta dor tu não redimes!
Mesmo feita de amargura,
és tão sublime, tão pura,
que só virtudes exprimes. (…)

(trecho do primeiro poema publicado pela poeta, aos 16 anos, na revista Garoto em 1928, retirado do livro Infinita Sinfonia, organização e coordenação de Adélia Maria Woellner. Edição comemorativa do centenário de nascimento da poeta – Curitiba, PR: Insight, 2012. p. 11)

Outras poesias do mesmo autor(a):

Testamento

O que não tenho e desejo É que melhor me enriquece. Tive uns dinheiros — perdi-os… Tive amores — esqueci-os. Mas no maior desespero

Leia a Poesia »