A morte desgoverna a vida.
Hoje sou mais velha
que meu pai.

Outras poesias do mesmo autor(a):

*

Deus dá a todos uma estrela. Uns fazem da estrela um sol. Outros nem conseguem vê-la.

Leia a Poesia »