Poemas de Grandes Poetas

Olavo Bilac

Olavo Brás Martins dos Guimarães Bilac foi um cronista, contista, jornalista e poeta brasileiro, considerado o principal representante do parnasianismo no paíf. O escritor foi membro fundador da Academia Brasileira de Letras, ocupando a cadeira 15 da instituição, cujo patrono é Gonçalves Dias.

Leia mais »
Mário Quintana, poeta.

Mario Quintana

Mário de Miranda Quintana foi um poeta, jornalista e tradutor brasileiro. O escritor fez as primeiras letras em sua cidade natal, mudando-se em 1919 para Porto Alegre, onde estudou no Colégio Militar, publicando ali suas primeiras produções literárias. Trabalhou para a Editora Globo e depois na farmácia paterna.

Leia mais »

Manuel Bandeira

Manuel Carneiro de Sousa Bandeira Filho foi um poeta, professor de literatura, crítico literário e de arte  e tradutor brasileiro. É considerado como parte do modernismo no Brasil da geração de 1922. A Semana de Arte Moderna foi aberta com seu poema “Os Sapos”.

Leia mais »

Manoel de Barros

Manoel Wenceslau Leite de Barros foi um poeta brasileiro do século XX, pertencente, cronologicamente à Geração de 45, mas formalmente ao pós-Modernismo brasileiro, se situando assim mais próximo das vanguardas europeias do início do século, da Poesia Pau-Brasil e da Antropofagia de Oswald de Andrade.

Leia mais »

João Cabral de Melo Neto

João Cabral de Melo Neto foi um poeta e diplomata brasileiro. Sua obra poética, que vai de uma poesia popular até uma tendência surrealista, inaugurou uma nova forma de fazer poesia no Brasil. Sua obra também é caracterizada pelo rigor estético, com poemas avessos a confessionalismos e marcados pelo uso de rimas toantes.

Leia mais »

Helena Kolody – Poemas, Haikais

Helena Kolody foi uma poetisa brasileira, tendo sido a primeira mulher a publicar haicais no Brasil em 1941. Publicou o seu primeiro poema, “A Lágrima”, aos 16 anos de idade.

Leia mais »

Gregório de Matos

Gregório de Matos Guerra, alcunhado de Boca do Inferno ou Boca de Brasa, foi um advogado e poeta do Brasil Colônia. É considerado um dos maiores poetas do barroco no Brasil e em Portugal, além de ser considerado o mais importante poeta satírico da literatura em língua portuguesa no período colonial.

Leia mais »

Florbela Espanca

A poetisa portuguesa Florbela Espanca, foi batizada como Flor Bela Lobo, mas optava por se autonomear Florbela d’Alma da Conceição Espanca. Os principais ingredientes da autora são amor, solidão, tristeza, saudade, sedução, desejo e morte. 

Leia mais »

Ferreira Gullar

Ferreira Gullar, pseudônimo de José Ribamar Ferreira, foi um escritor, poeta, crítico de arte, biógrafo, tradutor, memorialista e ensaísta brasileiro e um dos fundadores do neoconcretismo.

Leia mais »

Poesias de Amor

Receita de Mulher

As muito feias que me perdoem Mas beleza é fundamental. É preciso Que haja qualquer coisa de flor em tudo isso Qualquer coisa de dança,

Leia mais »

O Mundo é Grande

O mundo é grande e cabe nesta janela sobre o mar. O mar é grande e cabe na cama e no colchão de amar. O

Leia mais »

Poemas sem erros, conferidos e com referências bibliográficas – Projeto no ar desde 1999 e com mais de 15 milhões de visitantes! Sem erros ou falsas autorias

Mais poetas abaixo. Para buscar neste site um poeta ou trecho específico de algum poema, traduzir a página, ver estatísticas de acesso, comentários, RSS, postagens recentes etc. basta rolar para baixo toda a página.

Poemas de Grandes Poetas

poetas famosos

Foto histórica dos autores de poemas maravilhosos: Drummond, Vinícius, Bandeira, Quintana e Paulo Mendes Campos

Leia – sem erros – os grandes poemas de seus poetas favoritos (e descubra novos) aqui. Temos muito conteúdo! 🙂 Para enviar mais algum poema para adicionar no site (com referências bibliográficas completas), entre em contato. Se gostar, sinta-se livre para favoritar e voltar sempre. Também pode compartilhar esta página com amigos que possam apreciar! Também já tivemos versos de visitantes e temos vários posts educativos e poesia temática

Mais Poemas:

Gostou do projeto? Contribua

 

110 respostas

  1. Acho maravilhoso este projeto! A Magia da Poesia já era pra mim como um livro de cabeceira, onde sabia que poderia encontrar arte de qualidade para inspirar os meus dias.
    E agora, nesta nova fase, A Magia da Poesia virou um delicioso livro sem fim, com as obras e poesias diárias do Fabio Rocha, com a possibilidade de conhecer novos poetas no espaço criado para os visitantes, além, é claro, dos Grandes Poetas com suas obras divulgadas com respeito aqui.
    Parabéns poeta! Eu, que acompanho de perto seu amor pela poesia e toda ideologia contida em cada pequena parte deste site, venho aqui te parabenizar e agradecer por tanto empenho para que as boas letras se espalhem! Sabemos quantos textos são assassinados, quando citados sem cuidado internet afora. Aqui, a boa poesia vive!

    Beijos.

  2. Muito obrigado por nos proporcionar esta página que para mim é a companheira das noites quentes solitárias, isto me livra da alienação do msn e facebook.

  3. Amo suas mensagéns, e como me deixa com auto estima muito mais elevado!!!
    Obrigada!!!
    Abraços.
    ♥ॐ♥ڿڰڿ♥♥ڿڰڿ LILIDA♥ॐ♥ڿڰڿ♥♥ڿڰڿ

  4. Preciso ler muito porque para viver preciso escrever. Fiz um pacto com a vida: eu escrevo e ela me salva… Está sendo assim. Mas agora fui agraciada com este espaço, onde, quando a inspiração falta, venho deleitar-me com as belezas dos versos! Sou uma apaixonada por poesias, claro que há aqueles poetas que amo mais, mas tudo é poesia, até o fato de amá-las é poético!
    Com carinho e obrigada por este espaço permeado de belezas.

  5. Oi Fabio gosto muito do seu site, sempre uso… eu me lembro que voce tinha falado aqui sobre aquele poema que dizem ser do quintana, das borboletas e disse que nao era dele, eu mesma tenho a obra completa e nao me lembro de ter visto, mas voce sabe quem é o autor?
    obrigada
    abraço

  6. Oi, Jady, infelizmente circula pela internet esse e outros textos sem autoria ou com as autorias mais loucas, mas não são de Quintana não. Na página do Mario Quintana tem um link pra essa e outras falsas autorias atribuídas a ele. Abraços

  7. Uma delicia navegar em aguas poética, s cheia de encantamento e doçura. O melhor da Poesia em um só local. Obrigada…!! Alimento-me de Poesia, assim exige meu eu romântico e minha "Alma Exposta". Saudações Poéticas…!!

    1. Eu também gosto da poesia que nos eleva a temperatura do corpo, como dizia Drummond, ou como um soco no estômago… Gosto de todas as formas de poesia. 🙂 Obrigado pela visita e comentário.

  8. já me inscrevi para receber atualização, só que é péssimo entrar no site e tudo que eu clico aparece praa me inscrever, seu site fica muito ruim para navegar….inacessível…..

        1. Pri, infelizmente enquanto estava sem o pop-up, despencou a quantidade de gente se cadastrando para receber por e-mail as atualizações do site e isso é importantíssimo. Voltei com ele… :/

  9. Poetas renomados, mestres conhecidos pelas belas obras e frases! Os maiores nomes da poesia! Bela seleção de suas principais criações. Sugiro também poemas infantis, mensagens e frases.

  10. A poesia preenche o vacuo que muitas vezes, por interferência da maldade, se instala nas nossas almas. Sem poesia não somos capazes de escutar as pessoas, o silêncio e a natureza. A poesia tem estatuto prioritário na minha caminhada a seguir às crianças de todo o mundo. Amo os poetas, amo ler, amo escrever, amo a natureza, amo as crianças e o meu amor é tão forte como as ondas de um mar em furia.

  11. Excelente. Parabéns Fabio. Sou projeto de poeta, estou finalizando um livro que desejo publicar até o final do ano. E ler estas obras primas do seu site, com estes ícones é mt legal. Um forte abraço cara.

  12. Parabéns caro poeta Fábio Rocha por alimentar nossas poéticas almas com os grandes e inesquecíveis poetas brasileiros. Seja Feliz!

  13. Tem algo parecido que seja de tamanha generosidade como o partilhar de afetos profundos e olhares sensíveis sobre o mundo como as vozes dos poetas? Parabéns Fábio! Obrigado pela generosidade!

  14. Olá Fábio,
    Cheguei aqui fazendo uma pesquisa sobre Helena Kolody e gostei muito do seu blog. Fiquei realmente impressionada com a qualidade.
    Eu adoro poesia e aqui encontrei excelente material de autores que admiro.
    Parabéns pelo trabalho.
    Abraço

  15. O poeta é a palavra que quer sair de nossa boca, nosso grito, nosso voz. Às vezes, lendo Drummond fico pensando: "isso, é isso que eu queria dizer, simples assim, mas foi preciso que ele fizesse isso por mim, porque eu jamais saberia fazê-lo."

  16. Bom dia, minha mãe ama poesias ela lembra muito de Olegário Mariano mas eu não consigo encontrar nada dele pra passar pra ela , será que vcs tem alguma coisa , ela sabe um escrito dele, Meu dever se é lindo é muito lindo ela sempre contou pra mim , começa assim….Ao despertar do dia quando aurora rosas de ouro pelo céu derrama, eu abro os olhos sonolente ainda e trato logo de deixar a cama, faço o sinal da cruz pousadamente e ajoelhada me encomendo a Deus ….é muito grande e eu mesmo não sei tudo só ela.Agradeço de encontrarem algum livro dele pra mim obrigada.

  17. Sempre tive um certo encanto por poesias… escritos de outras pessoas.
    Sinto que poemas não são meras palavras,mas o derramar da alma do escritor em uma simples folha de papel…
    Gosto muito de ler e escrever, e o seu blog foi essa essência singular que despertou ainda mais o meu interesse por poemas… parabéns por seu excelente trabalho, continue assim poeta!!!

  18. Oi, Fábio Parabéns pelo blog, gosto muito de ler e escrever poemas, tenho vários, meu poeta favorito é William Shakespeare,
    mas gosto de tds, obg por fz o blog.

  19. Poeta Fábio,desculpe a falha que cometi.
    A entrevista que foi postada aqui de Álvaro Alves de Faria,foi concedida à Jorge Adelar Finatto. Uma bela entrevista!
    Me enganei e mencionei uma entrevista em que o poeta Álvaro Alves de Fária fez com o grande escritor Argentino Jorge Luis Borges, em Buenos Aires,desculpe mais uma vez!
    Aproveito a oportunidade,para pedir que em outra ocasião, ela seja exibida também.Uma entrevista delicada e muito emocionante.
    Obrigada…grande abraço.

  20. Bom dia, Fábio!

    Tenho visitado este site, a convite de um grande amigo e admirador da poesia e da literatura em geral, Carlos Lira, e confesso que não me arrependi em aceitar o convite.
    Percebe-se que você é ainda jovem fisicamente, mas, com certeza, com maturidade espiritual suficiente para realizar um trabalho como este.
    Numa fase conturbada como essa que estamos vivendo, somente a poesia é capaz de falar a Voz de Deus em nossos corações. A leitura, por si só, já é de grande valia, e em se tratando de poesia, só nos encanta. Várias linguagens que retratam os sentimentos de cada leitor que por aqui passam.
    Sou professora da Língua Portuguesa, Literatura e Artes, poeta e contista, e me encanto em sala de aula quando trato desses assuntos com os alunos, pois é nesses momentos que descubro o quanto eles são sedentos de algo novo, algo que balance o interior de cada um. Já tenho indicado o seu site para eles.
    A mim, eu confesso, este site tem agradado mundo. Parabéns!
    Aguardo sua visita também no endereço que deixei acima.É uma página do Face que uso para postar o meu trabalho: Poesias, Pensamentos e Mensagens para reflexão. Essa página, intitulada Cantata de Palavras, aborda uma história de amor através da poesia. Sinta-se à vontade se decidir fazer-lhe uma visita.

    Um abraço poético,

    Elvarlinda Jardim ( Elva Poetisa)

  21. Olá Fábio!
    Parabéns pelo site! Adoro poesia. Senti falta na lista de poetas do poeta Armando Freitas Filho. Considero um nome importante da poesia.Um grande abraço!

  22. Olá Fabio, excelente trabalho, um site muito bom para amantes da poesia. Só está faltando alguns poetas importantíssimos para a literatura: Lord Byron, Johann Von Goethe, Miguel de Cervantes, Tirso de Molina e Sophia de Mello Breyner. Parabéns pelo site é um dos mais completos que já vi!

  23. Olá Fabio,

    Eu o acompanho a muitos anos e acho seu trabalho muito bom, tanto suas poesias como suas publicações sobre poemas de autores nacionais e internacionais. Escrevo porque sinto falta do grande poeta da língua portuguesa e, na minha opinião, comparável a Fernando Pessoa, dada a sua sensibilidade na escrita, o Mia Couto. Um moçambicano de primeira linha e que é ainda preocupado com as questões sociais.

    Grande Abraço

    Paulo

  24. agradecia que alguém me ajuda-se a encontrar um poema que começa assim Olha em redor/poisa os teus olhos/oque vês? o mar a uivar…..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *