O Amor e o Outro – Affonso Romano de Sant’Anna

O Amor e o Outro

Não amo
melhor
|           nem pior
do que ninguém.

Do meu jeito amo.
Ora esquisito, ora fogoso,
às vezes aflito
ou ensandecido de gozo.
Já amei
|             até com nojo.

Coisas fabulosas
acontecem-me no leito. Nem sempre
de mim dependem, confesso.
O corpo do outro
é que é sempre surpreendente.

( Affonso Romano de Sant’Anna )
(O lado esquerdo do meu peito: livro de aprendizagens. Rio de Janeiro: Rocco, 1992. p. 104)

Leia mais Affonso

4 respostas

  1. Sou apaixonada por poesia e este é o único lugar confiável quando quero encontrar o real autor e o poema correto. Parabéns pelo seu trabalho. Sucesso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *