Celso Cordeiro

Aos Amigos – Celso Cordeiro

(autoria de Celso Cordeiro, publicado em livro “SENTIRES…por trás de um sorriso”, pela Chiado Editora)

Há momentos de vida,
Simples passagens de tempo,
Em que desfrutamos serenos
O prazer de amar os amigos.

Há momentos de vida,
Em que amor é fraternidade,
Saudade é prazer de estar
Ao lado de quem nos dá paz.

Há momentos de vida,
em que substituímos emoções
e o viver de inebriadas paixões,
pelo sublimar de amor fraterno.

Há pedaços de vida vividos
na pausada e serena tranquilidade
do simples saborear de momentos
passados entre amigos que nos tocam.

Há pedaços de vida vivida
que nos ficam gravados a fogo
porque encontramos o nosso espaço
no espaço que não nos cobram.

Há pedaços de vida, ainda que curta,
entre amigos que se reconhecem,
amigos que nos calam no peito
porque simplesmente estão cá.

Momentos de vida como estes,
ao longo de uma história comum,
são certeza de sentir que vale a pena
Amar amigos como vocês!

… o meu coração é vosso, amo-vos!

(Celso Cordeiro)

*

POEMA

Sou a força de um poema,
sou sentimento e alma,
sou palavra que chora e grita,
sou a palavra calada.

Sou a voz do coração,
o verbo e a forma de amar
quando explode a paixão
e ganho asas para voar.

Sou voz de sonho realizado,
num sonho nunca sonhado,
de dar voz ao meu sentir
num sorriso disfarçado.

(Autoria de Celso Cordeiro, publicado na Antologia de Autores Contemporâneos “Entre e Sono e o Sonho”, pela Chiado Editora)

Leia mais versos de visitantes

2 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *