William Shakespeare – Soneto 19 (traduzido)

William Shakespeare – Soneto 19 (traduzido) 

Tempo voraz, corta as garras do leão,
E faze a terra devorar sua doce prole;
Arranca os dentes afiados da feroz mandíbula do tigre,
E queima a eterna fênix em seu sangue;
Alegra e entristece as estações enquanto corres,
E ao vasto mundo e todos os seus gozos passageiros,
Faze aquilo que quiseres, Tempo fugaz;
Mas proíbo-te um crime ainda mais hediondo:
Ah, não marques com tuas horas a bela fronte do meu amor,
Nem traces ali as linhas com tua arcaica pena;
Permite que ele siga teu curso, imaculado,
Levado pela beleza que a todos sustém.
Embora sejas mau, velho Tempo, e apesar de teus erros,
Meu amor permanecerá jovem em meus versos.

(William Shakespeare – Tradução de THEREZA CHRISTINA MOTTA)

Saiba mais sobre o autor na Wikipedia

Saiba mais sobre sonetos

Leia mais poemas de grandes poetas

Publicado por Fabio Rocha

Poeta, Terapeuta Holístico e Administrador de Empresas

16 comentários em “William Shakespeare – Soneto 19 (traduzido)

  1. Grande e imortal Shakespeare!…
    Fabio Rocha, seu blog de poesias é o melhor da net. Super parabéns!!!
    Uma frase de William Shakespeare que gosto muito:” Choramos ao nascer porque chegamos a este imenso cenário de dementes”
    Abraços….

    Curtir

  2. Tenho vários obras: 230 sonetos, dísticos, obras como longa-metragem, curta-metragem, e outros tipos de poesias conhece alguma editora que publique em parceria? Que tu possas me indicar? Bom dia!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: