Poema de Sete Faces – Carlos Drummond de Andrade (com vídeo)

Poema de Sete Faces

Quando nasci, um anjo torto
desses que vivem na sombra
disse: Vai, Carlos! ser gauche na vida.

As casas espiam os homens
que correm atrás de mulheres.
A tarde talvez fosse azul,
não houvesse tantos desejos.

O bonde passa cheio de pernas:
pernas brancas pretas amarelas.
Para que tanta perna, meu Deus, pergunta meu coração.
Porém meus olhos
não perguntam nada.

O homem atrás do bigode
é sério, simples e forte.
Quase não conversa.
Tem poucos, raros amigos
o homem atrás dos óculos e do bigode.

Meu Deus, por que me abandonaste
se sabias que eu não era Deus
se sabias que eu era fraco.

Mundo mundo vasto mundo,
se eu me chamasse Raimundo
seria uma rima, não seria uma solução.
Mundo mundo vasto mundo,
mais vasto é meu coração.

Eu não devia te dizer
mas essa lua
mas esse conhaque
botam a gente comovido como o diabo.

Carlos Drummond de Andrade )
(Poesia digitada e conferida por mim mesmo, publicada em Antologia Poética – 12a edição – Rio de Janeiro: José Olympio, 1978, p. 3)

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=wsngivURn8g&w=560&h=315]

Além do vídeo na página, recomendamos os vídeos do youtube:

Se quiser ver mais vídeos, aqui está o link.

Site Oficial de Drummond

0 resposta

  1. Angela Maria da Silva Que maravilha poder ir dormir com essa poesia na mente; me traz belas recordações de uma paquera…..

  2. Disse apenas até logo
    Não voltará jamais?
    São eternas suas poesias
    De beleza, de alegria,
    Também de tristes Ais
    Dualidade, lembrança e saudade
    Carlos Drummond de Andrade
    Itabira, Minas Gerais.

  3. Quando estudei Carlos Drumond de Andrad, há 35 anos atrás fiquei apaixonada por esta poesia, idendifiquei-me demais com ela.Hoje, procurando A poesia A Flor e a náusea, adorei tê-la lido novamente.Parabéns pelo seu trabalho.

  4. Drummond…mineiro como eu!…Quanta honra!…
    Fico emocionada quando leio seus poemas….simplesmente um remédio para a alma! Poeta, mais uma vez, obrigada por compartilhar poemas tão lindos como esse “Poema das sete Faces”
    Este blog tinha realmente que se chamar…A Magia da Poesia, pois nos leva a um mundo só feito de magias e encanto!
    Abraço…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *