Homenagem

A homenagem mais bonita que recebi hoje, 13/11/2014, quando faleceu Manoel de Barros (maior poeta que já li) segue abaixo, em poesia. Hoje todos os poetas vivos que conheço se sentem meio órfãos, assim como os amantes da poesia.

NÊNIA

A Manoel de Barros
        In memoriam

Quando morre um poeta,
Muito de nossos sonhos,
Acompanhados
de outras tantas esperanças,
Todos trajando preto,
Em soturno féretro,
Invadem o infinito.
As araras despem-se das cores,
Os pássaros diurnos se calam
E as corujas,
Em agoniados pios,
Postam-se às margens do rio
Que cruza a vida.

Nilton Maia (13/11/2014) – e-mail: nrodriguesmaia@gmail.com

0 resposta

  1. “Combati o bom combate, acabei a carreira,
    guardei a fé” (2 Tim 4.7).

    Deixo registrada minha singela homenagem com meus sentimentos aos familiares e amigos do ESCRITOR E POETA MANOEL DE BARROS, e compartilho as boas lembranças que sempre estarão presentes para ajudar a superar este momento de tristeza. Assim como parafraseou Bob Marley: “Saudade é um sentimento que quando não cabe no coração, escorre pelos olhos”. “Amigo é pra se guardar no lado esquerdo do peito dentro do coração”. Aos familiares e amigos votos de muita SABEDORIA, CONHECIMENTO, ENTENDIMENTO e principalmente DISCERNIMENTO em todos seus caminhos e muitos DIAS, SEMANAS, MESES E ANOS DE FELICIDADE E PROSPERIDADE, SAÚDE, PAZ, AMOR e que Deus estenda às mãos sobre vocês e toda sua família e acrescente 100 por cento de juros em cima de tudo isso. Deus de sua infinita glória mandará seu espírito santo e consolará a todos. Descanse em paz meu amigo!

    “A MAIOR RECOMPENSA PELO TRABALHO NÃO É O QUE A PESSOA GANHA, MAS O QUE ELA SE TORNA ATRAVÉS DELE.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *