Sites com falsa autoria perdem na Justiça

Sites com falsa autoria perdem na Justiça

Há anos denuncio na Magia da Poesia a forma absurda como o site Pensador funciona. Em minha opinião, é o maior disseminador de falsas autorias e textos errados do Brasil, juntamente com a Globo Frases…

Pois bem, finalmente, alguém teve a paciência que nunca tive e processou quatro sites da internet quando achou um poema seu publicado como se fosse da autoria de Cecília Meireles. Foi Helenita Scherma, escritora paulista e verdadeira autora do poema “CANÇÃO DO SONHO ACABADO“. Seu texto não foi corrigido ou retirado, mesmo com diversos pedidos da autora aos sites descuidados.

Segundo notícia no G1, da Globo.com (o mesmo portal que mantém a Globo Frases, aliás), ganhou 9 mil reais por danos morais e os réus foram obrigados ainda a apresentarem três publicações consecutivas do material em jornal de grande circulação do Vale do Paraíba, onde mora a autora, com a autoria correta. “Eu espero que haja uma mudança de postura em relação a quem copia conteúdo na internet. Por isso, decidi ir à Justiça”, afirmou a poetisa na matéria do G1.

Procurei no Google os primeiros versos do poema e não me surpreendi com a primeira coisa que apareceu, no topo da lista do Google.

Cliquei no link e lá estava ele, realmente atribuído a Cecília Meireles até hoje, 6 de dezembro de 2013 (o processo se iniciou na Justiça em 2010):

Foi uma bela vitória na Justiça. Mas o Pensador continua no ar, cheio de textos errados e falsas autorias…

0 resposta

  1. O fato da Web ser uma rede aberta leva muita gente a ver (e usar) de maneira equivocada aquilo que a gente publica. No entanto, antes isso do que a censura.Eu,particularmente, autorizo quem quer que seja a tirar o melhor proveito das minhas postagens – afinal, é para isso que eu as publico -, mas peço aos que têm bom senso e discernimento a mencionar o endereço do meu espaço. Enfim, cada um, cada um.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *