Wikipedia: por que fracassou?

Por que a Wikipedia está perdendo usuários, cheia de erros, brigas e abuso de poder? 

Originalmente, a ideia original da Wikipedia era espalhar o conhecimento de todos, para todos. Todas as pessoas com acesso a internet poderiam ajudar, com direito a editar qualquer artigo da enciclopédia e adicionar informações. Bonito, não? Mas como controlar páginas onde qualquer pessoa pode editar?

Acredito que foi por isso que se criou os administradores, usuários com poder de bloquear outras contas, apagar mensagens e proteger páginas para evitar “vandalismos”, além de alertar usuários sobre erros nos procedimentos burocráticos crescentes… O problema é que a forma desses alertas a outros usuários muitas vezes é feita de forma muito ríspida, acusando, criticando e desestimulando o usuário que estava ali tentando contribuir sem ganhar nada em troca.

Além disso, o novo usuário que tenta contribuir, tem que enfrentar uma enorme dificuldade para aprender como editar. Para melhorar isso, uma agência de publicidade já até propôs uma mudança no seu visual, conforme mostra esta reportagem, mas até agora nada se fez.

Dentre os tais administradores, alguns abusam de seu poder. Eu mesmo percebi quando tentei participar do projeto em meados de 2008: fui tão maltratado e tive que brigar tanto que deixei o projeto de lado por uns 5 anos. Voltei em 2013, e, apesar de ter contribuído com edições em mais de 150 páginas (além de viver lutando contra injustiças e abuso de poder, inclusive nas votações – o que me rendeu até esta medalha 🙂 ), continuo sofrendo perseguição. Outros usuários com quem conversei, com muito mais edições do que eu, chegaram a ser bloqueados injustamente dezenas de vezes.

Para se ter ideia do tamanho do absurdo, denunciei um abuso de poder por parte do administrador Nelson Teixeira e atualmente sigo sendo julgado publicamente sem direito a defesa (bloqueado), o que me lembra um pouco a Idade Média. Ainda mais para um site que só existe graças a contribuição (em edições e financeira) de seus usuários. Pelo menos, em 2013, já havia uma página no facebook – Wikipedia em Português – onde pedi ajuda e a obtive, até mesmo de outros administradores. Alguns usuários que eu nem conhecia estão atuando como meus “advogados de defesa”, o que considerei uma melhora em relação a 2008. Porém, até agora não vi punição nenhuma para o Nelson Teixeira, confirmando mais uma vez o que foi dito aqui:

“Nos processos de julgamento os administradores da Wikipédia converteram-se em juízes, advogados, promotores, testemunhas e réus da mesma causa. Trabalham única e exclusivamente com o objetivo de encobrirem-se e protegerem-se mutuamente. Gradualmente modificam as regras do projeto sempre à revelia do interesse comunitário.” Dornicke, 2010

Há boatos também, de que os administradores ganham viagens pelo mundo em troca de seus serviços prestados a Wikipedia, o que explicaria tal comportamento. Os comentários estão abertos para que possam se manifestar.

Com essa burocracia crescente (que não nos protege de julgamentos sem direito a defesa), discussões intermináveis entre usuários e os graves problemas com administradores, a quantidade de usuários que contribuem está diminuindo, conforme mostra esta reportagem do site Terra. Mesmo sendo o sexto mais acessado do mundo, cada vez menos gente contribui: “Seu fundador, Jimmy Wales, mencionou a necessidade de fazer com que o site seja mais aberto aos recém-chegados para acompanhar o ritmo da grande quantidade de informação que está tentando processar. Mas os autores do estudo afirmaram que a Wikipedia está sendo prejudicada pelas regras para melhorar a qualidade.” Até mesmo o número de novos administradores está caindo desde 2007, segundo esta outra reportagem.

Tentando reverter a perda de usuários contribuidores (o que compreendo tão bem), a Wikipedia está tentando pedir ajuda aos universitários, conforme esta reportagem, em vez de melhorar seu problema mais básico, a meu ver: abuso de poder por parte de alguns dos administradores. Pelo que percebi, atualmente há uma fuga em massa de intelectuais e acadêmicos desse ambiente onde se perde tanto tempo com conflitos. Veja a reportagem da revista Piauí sobre essa cooperação conturbada, uma guerra constante (muitas vezes não declarada) de que eu mesmo já participei.

E o pior: a enciclopédia continua sem qualidade. Cheia de erros, sem poder servir como fonte confiável de informação, como mostrado nesta reportagem da Isto é. E os problemas não param por aí:  até o Ministro do STF já pediu à Polícia Federal abertura de inquérito contra a enciclopédia virtual, conforme mostrado nessa reportagem do Brasil 247.

Assim, que usuário gastará seu tempo e paciência com um site onde – ano após ano – há mais briga e abuso de poder do que informação confiável? Se a Wikipedia não se repensar filosoficamente (e espero contribuir para isso com este post), penso que muito em breve estará apenas com administradores, brigando entre si na edição de seus próprios artigos.

Para finalizar, deixo algumas ideias para tentar melhorar tudo isso:

  • Administradores deveriam ser obrigados a colocar seu nome completo na página de usuário, para não se esconder atrás de nomes falsos ou apelidos;
  • Administradores deveriam ser obrigados a ter em suas páginas de usuário formas de contato alternativas, para facilitar as denúncias de usuários bloqueados;
  • Administradores deveriam automaticamente perder seus cargos ao se comprovar que preferiram apagar conteúdo ou bloquear usuários a dialogar;
  • Administradores deveriam ser obrigados a programar seus Bots ou Scripts ou seja lá o que usem para serem muito educados ao escrever para usuários, sempre  agradecendo pela contribuição de forma destacada;
  • Não deveria existir bloqueio infinito;
  • Não deveria existir bloqueio da página de discussão do usuário – censura nunca mais;
  • No caso de bloqueio de usuário superior a 5 dias, sempre deveria haver julgamento e votação;
  • Em qualquer caso de bloqueio, deveria haver sempre direito ao contraditório e ampla defesa no mesmo local do debate;
  • O sistema de comunicação via página de discussão deveria melhorar de modo a preservar seu histórico;
  • Administradores deveriam ser obrigados a colocar em suas página de usuários algo do tipo: “A Wikipedia só existe porque usuários trabalham nela gratuitamente. Estamos aqui apenas para tentar ajudar nesse trabalho. Se achar que abusamos desse poder, contate a ouvidoria (com link pra lá)”;
  • Deveria ser criada uma ouvidoria com voluntários que não pudessem participar em nenhuma outra coisa na Wikipedia, além de julgar abusos dos administradores, com poder para puni-los;
  • Deveria haver uma campanha para que haja mais mulheres administradoras, pois, em geral, elas têm muito mais compaixão e facilidade para se colocar no lado dos “réus”, enquanto homens em geral estão naturalmente mais pré-dispostos ao combate;
  • Todos os usuários deveriam ser estimulados desde o início a colocar suas contribuições para a Wikipedia detalhadamente na página de usuário para sofrerem menos abuso de administradores “apressados” (o termo melhor seria “vândalos”?);
  • Deve-se esclarecer urgentemente se, pelas regras, se pode ou não se pode criar autobiografia na wiki quando for relevante e com fontes;
  • É preciso esclarecer de uma vez por todas se os administradores ficam viajando às custas das doações para a Wikipedia. Esse boato pode ser a pá de cal no projeto.

OBS.: No mesmo dia em que postei isso para pelo menos 30 mil pessoas cadastradas receberem diretamente (sem contar o que compartilharam em redes sociais ou acharam no Google), obtive novamente direito de resposta, mas na minha página de discussão apenas (não na mesma página das acusações!).

OBS. 2: Achei dois posts meus de mais de 5 anos atrás sobre a Wikipedia. Realmente, muito pouca coisa mudou:

2 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *