hoje não li OSHO

vi nojo do mundo amado
senti sono, vontade, o mesmo:
li um poeta novo

2 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *