água de beber

quando está frio
e meu corpo quente
dispo a alma de sentido
e em chamas persigo
com todos os cavalos azuis
um poema nascente

agua

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *