Ela virá

tamanha a minha dor

que tenho saltado
em liquidificadores gigantes
onde as lâminas (unhas da pantera)
dilaceram plexos solares

chove em manhãs geladas

e no domingo tenho sonhado com o trabalho
(estamos todos do lado de fora
de um abraço, Melamed)

mas acalento o espaço pro vindouro
espalho pétalas de rosas macias pro chegar
e me deito no cheguei:

silencio no agora
para o agora ser

imóvel

paz e cio

ela-vira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *