Navegar é Preciso (com vídeo)

Navegar é preciso

Navegadores antigos tinham uma frase gloriosa:
“Navegar é preciso; viver não é preciso”.

Quero para mim o espírito desta frase,
transformada a forma para a casar como eu sou:

Viver não é necessário; o que é necessário é criar.
Não conto gozar a minha vida; nem em gozá-la penso.
Só quero torná-la grande,
ainda que para isso tenha de ser o meu corpo e a minha alma a lenha desse fogo.

Só quero torná-la de toda a humanidade;
ainda que para isso tenha de a perder como minha.
Cada vez mais assim penso.

Cada vez mais ponho da essência anímica do meu sangue
o propósito impessoal de engrandecer a pátria e contribuir
para a evolução da humanidade.

É a forma que em mim tomou o misticismo da nossa Raça.

Fernando Pessoa )

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=61G07KLeqOA&w=420&h=315]

9 respostas

  1. Oi Fábio, adorei é linda esta poesia, esta fala do que realmente é viver..Assim também penso. Grata por nos oferecer tantos jóias literárias.. Sempre coloco na página no Facebook e estimulo os amigos a conhecerem sua página. Sônia .
    Goes

  2. Fábio, muy caro tuas poesias, teu blog -reitero – são bálsamos diários de estimula à vida , melhor ainda, dão sentido à vida de cada um e, da minha em particular um sentido ESPETACULAR. Muitíssimo grata.
    Um pedido – uma poesia tua direcionada a minha madrinha/mãe que completa dia 3 de novembro, do ano em curso 99 anos. Darei este presente surpresa para ela e para 0s 60 convidados/familaiares . Será desenhado um pergaminho e nele registrado tua poesia. Será a sobremesa do almoço e da “nossa” vida com ela – MARIA DO CARMO SAADI. Renovo ternos agradecimentos Vera

  3. Fabio, a beleza da poesia,também está na forma de como se lê e a ênfase que lhe é dada ao interpretá-la. Aprendi a amar as poesias de Fernando Pessoa, como demais poetas brasileiros, que são fantásticos (as).
    Beijo.
    Lazinha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *