manhã de sábado

manhã de sábado

tenho pressa para que a vida deixe de ser como pasta de soja: saudável, segura e sem graça. amo a mulher que passa, pra não perder a rima. em cima de mim um casal hoje não briga mais. é cedo demais. lá fora: frio, sol e bruma. rio da espuma do mar que ouço e dessas rimas.

mar-mulher-montanha

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=LOwQLarDhvI&w=560&h=315]

4 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *