fingi_dor

“Assumo: sou um fingidor.
O que não quer dizer que minto…
Chego a fingir que é amor
O amor que deveras sinto.”
(Diego Souza Paiva – Poucas Palavras)

eu atinjo o que finjo na dor
que amor tem um tanto de esfinge
e há temor em nublar as meninges
com mentiras que conto de cor

fingi_dor

Leia também esta seleção de poemas de grandes poetas famosos, sem erros ou falsas autorias

2 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *