meu suor tem aquele cheiro de morte de novo

você abre todas as portas para quem
quer te trancar

num chakra sem ar
vinte e quatro horas por dia
com câmeras e sistemas de segurança
tarólogos armados em prontidão
mediunidade desconfiada
tudo, tudo para não ir
pelo risco de não voltar…

dedicação total a você!

ou isso
ou te abandonar sendo o que você é

eu rio

e com casaco eu suo
e sem casaco sinto frio

amar ainda me dá gripe

a vida quebrando-se sob o peso da verdade

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *