dos anjos

te amo quando faltas
e em parte pelo medo de faltares
não te amo inteiro
quando perto do peito bates

ou me engano que não amo
e tu partes por terras mais altas
e tu faltas
em pele, em pano

mas te amo nessas notas
(imperfeitas)

te amo sem palavras
te amo sem derrotas
na música que não acaba
em linhas tortas

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=A6s49OKp6aE&w=560&h=315]

5 respostas

  1. Suas poesias são lindas, segue uma linha convicto e forte na forma.
    Bem expressivo e dinâmico na arte. Parabéns Fábio Rocha!Boa tarde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *