Charles Baudelaire

Charles Baudelaire

“Todas as belezas contêm… alguma coisa de eterno e alguma
coisa de transitório – de absoluto e de eterno. A beleza absoluta
e eterna (digamos entre parênteses, o ideal clássico) não existe…
O elemento particular de cada beleza vem das paixões e como
temos as nossas paixões particulares também temos a nossa
beleza”.

(Baudelaire)

Outros textos:

Saiba mais sobre o autor na Wikipedia

Leia mais poemas de grandes poetas

Publicado por Fabio Rocha

Poeta, Terapeuta Holístico e Administrador de Empresas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: