Predileta

meu amor é sempre

as palavras vão e vêm
pessoas passando de trem
eu olhando o mato crescer no escuro
ao voltar pra casa, no engarrafamento
(caminho crítico sem folgas)
olhando, puro olhar
querendo te contar
do mato a crescer no escuro
e meu não buscar
discos voadores

nós (tantos) tão juntos…
que meu amor é sempre

ufo

2 respostas

  1. Você
    “querendo me contar
    do mato a crescer no escuro
    e seu não buscar
    discos voadores”

    Enquanto eu
    (no mesmo segundo)
    Querendo falar daquilo
    E todos
    Das horas que passam
    Do que eu não faço
    Das minhas dores

    🙂

    Amo você. Amo o que Somos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *