Não sou feliz, mas tenho

a ilusão
é a única verdade

(uma pena a prisão
que é a liberdade)

agora desgastamos os sábados
elas querendo controlar
eles querendo não ser controlados

impregnados de todos e de ninguém
querendo o silêncio sim
onde sofreremos depois do fim

nos chateamos no agora
planejando futuros
e reclamando passados

ah, mas se brigamos
brigamos
porque temos namorados

coracao

(Inspirado na peça “Não sou feliz, mas tenho marido”.)

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *