Tarde. Tarde…

não sei mais nada
passo o dia ouvindo, lendo e escrevendo
palavras
e não sei nada

a toalha da mesa se move

Hilda Hilst espantou Drummond pelo excesso de liberdade
e sabia que teria que morrer
pra ser lida

e eu aqui sem saber nada
num calor filha da mãe
com esta toalha mexendo
as editoras lucrando com lixo
e as livrarias escondendo
a seção de poesia
nas prateleiras mais vis

4 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *