HEROES

quando não durmo não reconheço lugar nenhum
nem a mim mesmo

se sonho
tiro o poder das palavras
e enfio no peito
com mão dourada de fogo

amar é elo sem fim

e eu não sou eu
e vôo

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *