CRISPANDO

alagar a lagoa de águas paradas 

com a palavra solene 
o novo olhar 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *