ACORDAR SEM SONO

dormi dez horas 

e a alvorada 
tinha ar das arábias 
trazido no vento 
dos céus mais altos 
como a promessa 
de que virá 
o novo 
o velho novo 
de novo 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *