O SONHO, AINDA

a04b4 pantera 713738

a pantera era morte

mas era eu
não-morto
lambendo feridas
para seguir ao Norte
da palavra Outro

 

3 respostas

  1. Um prazer encontrar poesia pura…uma alegria conhecer seu trabalho e a alma impressa nele!!Parabéns!Obrigada,e um abraco cheio de estrelas!!!!Lu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *