SÓ SEI QUE

eu leio Hilda Hilst 

e jogo com Akuma 
na contemporaneidade 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *