VERDADE

poemas me escapam 

nos trajetos e quases 
caem pelas estradas 
somem pelo tempo 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *