(C)ORAÇÃO

quando a dobra de meus dedos sangra excesso

me olho de longe

me olho de fora do furacão

me dobro ao vento

2 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *