OSHOSE

somos guerra e paz
filhos e pais
de versos diversos

em resumo:

o amar abissal
o querer bem vulcânico
o sentir apressado

conjuntamente com:

a delícia de estar só
e bastar o agora
no silêncio sagrado

somos e não somos
Zorba, o Buda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *