Repensando poemas antigos – PRESSA DE AMAR

PRESSA DE AMAR 

Sou aquele 
que chama 
pra dançar 
e nota 
que não tem 
pernas. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *