ESPELHOS

amar é a capacidade íntima
intransferível e divina
de construir castelos de cartas
frente ao espelho

ensaio diferente a tempestade de hoje
quando vem a tendência ao tormento
respiro, não lamento:
celebro os números no chão
e o vento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *