EM BRANCO

a enormidade da distância 

entre o impossível e a felicidade 
pode demorar só um sorriso 

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *