BALEIA

pausa para um poema 

respirar 
na superfície 

Uma resposta

  1. gosto da sonoridade, do significado desses seus poemas, mas esse aqui…arrancou um "putz" seguido de cara de boba. Muito muito bom!Parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *