GUIA PRÁTICO DA SEPARAÇÃO DOLOROSA (A PEDIDOS)

1 – Nunca confie em guias normativos metodicamente elaborados, principalmente numerados;
2 – Teve algo bom, muito bom. Admita e tente se lembrar apenas disso;
3 – Quanto mais doer, melhor você se transformará;
4 – Se tiver raiva, use essa energia para impulsionar sua mudança e expansão;
5 – Se tiver pensamentos obsessivo-racionalizante-analíticos do que deu errado, lembre-se de usá-los apenas para não repetir tudo igual no próximo relacionamento;
6 – Olhando com bons olhos, verá que nada deu errado. Aceite. Entregue. Confie. Abra-se ao que vier;
7 – Curta a fase boa que é estar solteiro, a deliciosa imprevisibilidade das noites de sexta-feira, a liberdade ampliada, as estrelas olhando você caminhando apenas sobre seus dois pés, as infinitas possibilidades se abrindo na estrada adiante;
8 – Experiencie e curta com mais paz seus amigos (se perdeu todos, novos virão…);
9 – Seja seu amigo;
10 – Deixe ir leve o amor, sorrindo pra vida que vem. Tudo – tudo mesmo – muda, flui, passa, morre… E isso é belo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *