AFUNDA, NETUNO!

dorme em paz aí, cassete
não me cega com o tridente
não me faça um aloprado demente
de modo a perder pra sempre
tudo o que poderia realmente ser

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *