MÊS DO SUICÍDIO

Em dezembro as ruas choram
luas mudam pro inverno
as promessas se desnudam
e o que resta é o inferno. 

2 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *