O ANO

Não tem jeito… Vai chegando dezembro, e sentimos o ano acabando e a tendência crescente de mensurá-lo. Nem que seja quase inconscientemente, quando vemos estamos contabilizando conquistas e derrotas, calculando se a felicidade fechou com saldo positivo ou negativo.

Hoje, enquanto caminhava na praia, quando vi estava nessa matemática. De certo que foi um ano atípico. Saí de um marasmo em diversas áreas da vida para quase um caos absoluto. Muitos altos e baixos, sem dúvida. Mas será que não é melhor assim do que viver uma estabilidade chata? Não sei. Esse ano estive em muito mais lugares novos, emprego novo, com muito mais pessoas novas, em novíssimas situações. Reaprendi e desaprendi muito sobre meditação e amor, mudei uns hábitos, vi que não consigo mudar outros… Mas acho que, no geral, avancei bem na questão de me aceitar.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=nh-3lhrwvkE?fs=1&hl=pt_BR&w=480&h=385]

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *