EU, ROBÔ

fa6b9 eurobo 759421

hoje quero fazer um poema
pela engenharia reversa de meu corpo
meus hormônios

quero desmontar o estado de vontade
vontade vontade
vontade presente na pele
e com palavras entender
o ser sem aço originário da mesma

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *