NIGHT

luto
contra o amor banal

o amor banal
tal qual 
morder uma bananada
ou uma mariola
e quando
do primeiro caroço se prova
cuspir fora
com fome nova

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *