DA POESIA OU DO POETA

99993 botao 773483

(inspirado neste post)

alinho um poema com meus botões e sorrio
das definições do ser poeta em poucas linhas (ou em muitas):

a linha limite da definição desalinha
pela própria poesia no tecido
que sob nenhuma medida cabe

descon_fio
do que não seja
revolução

 

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *