PRESO EM BRANCO

8b774 110267 papel de parede escritorio como prisao 1280x960 751174

preso em branco
na literalidade de dados sem jogo
na literalidade da mesa sem sol
na literalidade da parede parede
na literalidade dos dias mesmos, mudando número e nome
na literalidade da vontade de dormir ou morrer numa manhã cinza num frio excomungado
por todo lado grades
por todo lado grades e a segurança de não poder…

– Deus, Deus, por que me abandonaste?

(Faço cor com meu grito de vontade, literariamente preso no peito)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *