A MANDO DA MOIRA

Para Amanda Vaz Teixeira

Amanda vinha em março
depois vinho em maio
depois bronha em julho

sorrio sozinho
amando meu eu inimigo:
ela já está comigo

(e o que a Moira mandar
assino embaixo)

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *