AUTO-MANTRA DO CRER

Há um mundo a ser mudado:
sou soldado na palavra…

Marcha vesga de um louco
cantando seu ver rouco
pra si mesmo esquecido
(mil tambores ao fundo).

Há um mundo a ser mudado:
sou soldado na palavra.

Só pisando tão forte
pra loucura marchar
pra vontade voltar
e vencer tanta morte!

Há um mundo a ser mudado:
sou soldado na palavra!

OBS: Poema a ser lido preferencialmente ouvindo-se o Bolero de Ravel. 😉

Uma resposta

  1. queria tanto, tanto, tão profundamente, ser soldado da palavra e conseguir vomitar tudo tudo que está aqui dentro, lutando pela causa séria e confusa que sou eu….faz isso (lindamente!) por nós, poeta?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *