OLHANDO O ESPELHO

relaxa, Oibaf
calma, menino

o futuro dourado com lantejoulas não virá
(e se vier não será como esperas…)
estás aí, não vês?
aí, andando do modo único e brando que andam os poetas
aí, ilha cercada de gente ou solidão demais
aí, personificação da falta que pareces amar
mas aí
aí desde sempre
no presente

calma:
eu vou estar sempre com você
(no agora)

2 respostas

  1. … Nosso nome-imagem invertido dá tapinhas na face!… … A realidade que somos conversa com os sonhos que igualmente somos!…E o que acontece?Fica o embate intrínseco: viver da ou com a poesia… rs!…… Só sei que adorei!!!! Viajei… Pensei em tantas coisas!!!Obrigada!Abraços carinhosos =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *