PASTORES DE NUVENS

Tá, então
você me lê
ainda
(e julga e ataca em versos
como sempre, aliás,
desde janelas
e comprimidos iniciais…)

Eu sei que foi raro
pleno
transformador
único
mas convenhamos:
acabou…

E acabou no máximo,
no crepúsculo mais belo,
na folha mais perfeita da árvore mais certa,
na noite mais deliciosa de não se dormir…

Celebremos o fim
em plena plenitude
(300 morrendo jovens)
em vez de versejar
dores, culpas e mágoas…

Duas tempestades
não podem se tocar
por longo tempo
sem trovões…

10 respostas

  1. Fabio, eu adorei. Realmente, nuvens carregadas juntas não podem resultar em outra coisa senão uma chuva muito forte, tempestade, tsunami. E é tão bom guardar as lembranças do que fomos e vivemos de bom… Beijos.

  2. Que bom, J., obrigado! Sim, muito melhor, mais saudável e leve guardar a parte boa, né? Mas não é missão fácil também… Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *