INTEGRAL

caminho sem mar
a terra seca de borboletas brancas sem sentido
a poesia passo a passo pó
espaço do vazio
que sem tempo amontoa-se
sobre conquistas

3 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *