AINDA?

Me dói ver
numa manhã de sono
ouvindo musiquinhas no iPhone
daqui do alto da conquista…

Mas a me mover
contra esse mundo

(i-mundo a se repetir:
amores que se vão
ao lhes emprestar dinheiro alto
ou ao abrir mão de si
em benefício das sagradas tradições
da igreja católica apostólica romana
e seus padres pederastas pedófilos)

há o ódio
e muito pouco
mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *