MAR EM FÚRIA

Ressaca forte.

Estouro de ondas brancas
espumas pelos ares
estrondos.

Olho cansado e ando.
Cinco quilômetros.
Uma hora.

E meu pulso?
Coloco a mão no peito
na jugular
nada.

Sem mais impulsos assassinos…

A ira do mar
não é minha.

4 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *