PRINCESA DE NEVE

Deixa eu me salvar
te salvando
do dragão…

Gosto de beijar
com a vontade do vulcão
ou delicadeza de mulher
esses lábios pequenos.

A língua
de partida
no encontro
é chegada.

As mãos inventam
contornos sinuosos
de seu corpo branco
na folha pura.

Deita no meu colo
nua e lua
que teu respirar
acelerado quer a paz
dos dedos certos.

8 respostas

  1. Fábio,Haverá sempre o paradoxo feminino…Quem pode duvidar que neve entre em erupção?![A Claire tem razão… "parece música"… soa a ritmo… ou ritual…]Beijos….Katyuscia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *